Muse confirmados para o Rock in Rio Lisboa 2018

A organização do Rock in Rio-Lisboa acaba de anunciar mais um headliner para a 8.ª edição do festival: os britânicos Muse! Depois de terem esgotado o Parque da Bela Vista na edição de 2008 do Rock in Rio-Lisboa, e após um regresso triunfal à Cidade do Rock dois anos mais tarde, em 2010, os Muse voltam a subir ao Palco Mundo para encerrar o primeiro dia do festival, a 23 de junho.

Esta é a oportunidade perfeita para os fãs “matarem saudades” da banda – uma das preferidas dos portugueses, segundo dados revelados por pesquisas de mercado - num espetáculo que se antevê arrebatador e que irá trazer à Bela Vista temas do seu último álbum – Drones, vencedor do GRAMMY de Melhor Álbum de Rock 2016 – e ainda grandes hits como “Time is Running Out”, “Plug in Baby”, “Undisclosed Desires”, entre muitos outros.

Os bilhetes diários para o dia 23 de junho estão disponíveis a partir de amanhã, nos locais habituais, pelo valor de 69€. Recorde-se que no primeiro fim-de-semana também Bruno Mars subirá ao Palco Mundo, encerrando a noite de 24 de junho. Além dos bilhetes diários para ambos os dias, os fãs também podem adquirir passes para o primeiro fim-de-semana - uma das novidades desta edição – garantindo, assim, a entrada nos dois primeiros dias do festival pelo valor de 117€.

Para os que preferem aproveitar a época natalícia e oferecer um presente especial, o Kit de Natal - disponível nas lojas FNAC e em bilheteira.fnac.pt pelo valor de 69€ - dá a possibilidade de escolher o dia a que se pretende assistir. Além do voucher (que deverá ser trocado entre 1 e 31 de março por um bilhete diário), o kit também inclui uma mochila pop art exclusiva dedicada ao Pop District - o novo hotspot da Cidade do Rock.

Sobre os Muse

Foi em 1994 que o vocalista Matthew Bellamy, o baixista Dominic Howard e o baterista Chris Wolstenholme se juntaram para formar os Muse, banda britânica que regressa a Portugal para um espetáculo no Rock in Rio-Lisboa, onde certamente não irão faltar temas do seu último trabalho de estúdio – Drones -, fortemente aclamado pela crítica internacional e que lhes valeu o GRAMMY de Melhor Álbum de Rock, em 2016.

Mas a história dos Muse começou há mais de vinte anos e sete álbuns atrás, quando lançaram o seu primeiro trabalho, Showbiz (1999), produzido por John Leckie e que incluía algumas das músicas mais icónicas do reportório da banda como “Muscle Museum”, “Unintended” e “Showbiz”. Dois anos depois lançaram o seu segundo álbum de originais,Origin Of Symmetry, do qual faziam parte os temas “Plug In Baby” e “New Born” e que levou a banda numa tour mundial.

Uma das bandas mais pedidas pelos portugueses está de volta a Lisboa para um concerto imperdível, na Cidade do Rock! Os britânicos serão cabeças de cartaz do primeiro dia do festival, 23 de junho.

Bilhetes diários à venda amanhã, estando também disponíveis nas bilheteiras habituais passes de fim-de-semana e Kit de Natal.

Absolution, o terceiro álbum de estúdio, alcançou o número 1 no Reino Unido tendo como sucessos imediatos os singles “Time Is Running Out” e “Hysteria”. Lançado em 2003, os sucessos deste álbum entraram diretamente para as playlists dos maiores canais de música e rádio. Em julho de 2006 chega Black Holes and Revelations, o quarto álbum da banda que se estreou em primeiro lugar nos tops britânicos, entrando o seu primeiro single, “Supermassive Black Hole”, diretamente para o Top 5 no Reino Unido.

Em Setembro de 2009 a banda britânica lançou The Resistance, álbum que teve também entrada direta para o primeiro lugar dos discos mais vendidos no Reino Unido, dando origem a uma edição limitada com DVD’s e LP’s. Ainda antes de Drones – o mais recente álbum da banda – os Muse lançaram The 2nd Law, que inclui temas de sucesso como “Survival” que se tornou a música oficial dos Jogos Olímpicos de 2012. “Madness” e “Supremacy”, outros dois hits deste trabalho de estúdio, estrearam-se no primeiro lugar dos tops de diversos países da Europa e na América do Norte.

Com sete álbuns editados, a banda britânica afirma que ainda há muito mais para fazer, muitos sítios para visitar e muito público para surpreender com o seu espetáculo. Para os Muse o lema é nunca parar e, por isso, visitam o Parque da Bela Vista no dia 23 de junho de 2018, prometendo um espetáculo contagiante, que vai levar os visitantes da Cidade do Rock ao rubro.

Sobre o Rock in Rio-Lisboa 2018

A 8.ª edição do Rock in Rio-Lisboa tem data marcada para 23, 24, 29 e 30 de junho 2018 e promete transformar a Bela Vista num gigante parque temático da música, com inúmeras experiências e uma programação surpreendente, que combina o melhor do entretenimento. Para esta edição, a organização já confirmou Muse (23 de junho), Bruno Mars (24 de junho) e The Killers (29 de junho). Mas as novidades não se ficam por aqui: na próxima edição o festival vai contar com mais horas de entretenimento diário (o recinto abrirá portas às 12h00 e encerrará às 02h00) e uma nova Cidade do Rock, com novos espaços de entretenimento.

O Pop District é um espaço que celebra a cultura pop e os seus principais ícones, onde o público poderá encontrar atrações como games - dos mais modernos aos bem conhecidos arcade -; lojas com variados produtos alusivos aos maiores ícones culturais das últimas décadas; performances e demonstrações artísticas - como representações de musicais e super-heróis, exposições de pop art, referências do cinema -; havendo até espaço para cosplay e muito mais. Já o Digital Stage é um novo palco dedicado aos fenómenos digitais, trazendo um pouco do mundo online para o offline. Ao longo dos quatro dias de evento, este palco vai receber grandes fenómenos do entretenimento online que trocarão, por um momento, o ecrã dos PC’s, tablets e telemóveis por um contacto direto e próximo com o seu público. Neste palco também caberão apresentações de música, dança, cinema e outras performances ligadas a sucessos online. Na Rock Street África vai viver-se um clima único de festa, num espaço que celebra a música de uma forma global e onde, através da arquitetura, dos espetáculos e performances de rua, o público poderá perceber como a música africana influenciou todos os estilos musicais presentes nos outros palcos do festival. Por fim, o Gourmet Square é uma nova praça de alimentação que permitirá maior conforto aos seus visitantes, disponibilizando cerca de 500 lugares sentados e cerca de 10 food corners, num ambiente exclusivo e de acesso controlado.

Os bilhetes para o Rock in Rio-Lisboa 2018 já estão disponíveis nos locais habituais (lojas FNAC, bilheteira.fnac.pt, Blueticket.pt, Festicket e Ticketmaster), com diferentes modalidades e valores:

BILHETE

DATA

PREÇO

Bilhete Diário

23 de junho (Muse)

69€

Bilhete Diário

24 de junho (Bruno Mars)

69€

Bilhete Diário

29 de junho (The Killers)

69€

Kit de Natal

(bilhete diário + mochila)

23, 24, 29 ou 30 de junho

69€*

Passe 1º fim de semana

23 e 24 de junho

117€

Passe 2º fim de semana

29 e 30 de junho

117€

Press Release: Lift Consulting

Mídia

Sobre Nós

A paixão pela música e fotografia, conciliou para a criação deste site de fotojornalismo, feito com o total profissionalismo de quem pretende ajudar a criar uma página digna de quem procura notícias, fotos e vídeos dos melhores concertos em Portugal.

 

Registo ERC nº 125369

Últimas Notícias

Promotoras

Newsletter

Subscreva e esteja a par de todas as novidades